Hey! 

Trabalho com audiovisual desde 2010, quando me formei na ONG Instituto Criar de TV Cinema e Novas Mídias.  A princípio a minha form ação foi focada em animação e videografia, mas nos últimos anos trabalhei também como editora de vídeos, designer, roteirista e educadora em oficinas de audiovisual ministradas em ONG’s e escolas públicas de São Paulo. 


Além de trabalhar com audiovisual, me formei na Licenciatura em Educomunicação pela Universidade de São Paulo, onde pesquiso sobre projetos que envolvem a interface mídia e educação.

 

Como roteirista, tenho trabalhos que conquistaram alguns prêmios, como o roteiro do curta metragem Peripatético, que recebeu em 2017 o prêmio de melhor roteiro no Festival de Brasília do cinema Brasileiro, o argumento “Mabel e Sara”, que conquistou o primeiro lugar no Concurso de Argumentos de Longa-metragem para estudantes do Brasil e da Flórida em 2018 e o roteiro de curta-metragem “Minha mãe não abre a porta” que recebeu o o prêmio ROTA/CABÍRIA de melhor protagonista feminina em 2019.

 

Atualmente estou dirigindo meu primeiro curta metragem: “Aurora, a rua que queria ser um rio”, premiado no edital Histórias de Bairros da SPCine.

Caso queira visualizar meu currículo, você pode entrar na minha página linkedin.

 

Você também pode acompanhar meus trabalhos no Behance, Instagram e no Medium.

 

Email para contato: radhemeron@gmail.com 

PRÊMIOS E reconhecimentos

  • (2020) “Prêmio estímulo de produção de curtas metragens”  com o projeto “Eu era feliz (e outras mentiras)”
     

  • (2019) Prêmio ROTA/CABÍRIA de melhor protagonista feminina pelo roteiro do curta metragem “Minha mãe não abre a porta”.
     

  • (2019) Contemplada pelo edital da SPCINE “Histórias dos Bairros de São Paulo”  com o projeto de animação “Aurora - a rua que queria ser um rio” 
     

  • (2018) Semifinalista do concurso do II ROTA - concurso de roteiros de curta metragens, com o projeto “Aurora - a rua que queria ser um rio”
     

  • (2018) Menção honrosa na 6ª edição do “Concurso de Ilustrações Lei Maria da Penha” promovido pela Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados
     

  • (2018) Primeiro lugar no Concurso de Argumentos de Longa-metragem para Estudantes do Brasil e da Flórida 2018, com o projeto “Mabel e Sara” - Latin American Training Center-LATC e a Escola de Comunicação e Estudos Multimídia da Florida Atlantic University-FAU
     

  • (2018) Selecionada para participar do programa Málaga Talent - Festival de Málaga, Espanha 
     

  • (2017) Prêmio de melhor roteiro de curta metragem no 50º festival de Brasília do Cinema Brasileiro - Pelo roteiro do curta-metragem Peripatético 
     

  • (2013) Ganhadora do prêmio Criando Asas pelo projeto de curta metragem Peripatético
     

  • (2012) Ganhadora de dois prêmios no festival do minuto pelo vídeo “Sobre avôs” (Escolha do patrocinador e voto do público).
     

  • (2012) Vencedora do Concurso de vídeo P&G na plataforma Itssnoon com o vídeo “Como seria o mundo sem shampoo?”
     

  • (2012) Vencedora do Concurso de vídeo Coca Cola Brasil na plataforma Itsnoon com o vídeo “O que é ser brasileiro?”